Inverno: 4 dicas para andar de moto no frio

Inverno: 4 dicas para andar de moto no frio

julho 5, 2021 0 Por Marquinho

Poucas coisas irritam mais um motociclista do que passar frio sem necessidade. Dedos congelando, mãos roxas, um vento cortante que atravessa a roupa e atinge a pele. Para evitar esta experiência desagradável e perigosa, trazemos aqui 4 dicas para andar de moto no frio – sem congelar, claro.

Vale lembrar que o inverno de 2021 mal começou e tem registrado recordes de baixas temperaturas. Nevou nas serras Gaúcha e Catarinense e teve termômetros abaixo dos 10ºC em inúmeras regiões. Para se ter um ideia deste momento glacial, o Mato Grosso do Sul teve sensação térmica negativa nos útlimos dias.

Dicas para andar de moto no frio

Mas calma, dá para andar de moto frio sem sofrer. Para isso, é preciso cuidar de si e da moto, além de estar sempre preparado para lidar com acontecimentos possíveis, mas pouco prováveis, como uma pancada de chuva ou neblina. Aqui você verá sobre:

• Como se proteger do frio de moto


• Roupas para usar para andar de moto no frio


• Cuidados para ter com a moto em dias frios

1 – Use luvas, botas, jaqueta

Andar equipado é o mínimo em qualquer estação do ano. Porém, nos dias frios é preciso utilizar equipamentos térmicos, projetados para o inverno ou que possam encará-lo graças a complementos, como forros internos.

Jaqueta, calça e botas, todos adaptados ao frio, são essenciais. Também procure por luvas grossas e impermeáveis, específicas para o uso sobre duas rodas – afinal sua mão precisa estar protegida e aquecida, mas ainda precisará fazer uma série de movimentos e ter sensibilidade. Outra alidada é a balaclava, que protege seu pescoço e cabeça.

2 – Vista a moto

Você também pode vestir sua moto para encarar com mais tranquilidade as baixas temperaturas. Dois itens comuns, acessíveis e muito úteis são as bolhas (ou parabrisas) e protetores de mão, mais comuns em motos trail. Eles redirecionam o vento, reduzindo a exposição do motociclista.

Há, ainda, as ‘luvas para guidão‘. São capas impermeáveis que cobrem as extremidades do guidão e acolhem as mãos do piloto. São eficientes para manter as mãos aquecidas e podem até reduzir a necessidade de usar luvas diretamente nas mãos, mas podem atrapalhar os comandos do freio dianteiro e embreagem. Tome cuidado.

3 – Leve uma capa de chuva

Andar de moto no frio pode até não ser ruim, mas pilotar no frio quando se está molhado ninguém merece. A sensação térmica despenca quando estamos com a roupa úmida, numa situação que só melhora quando enfim chegamos em casa e tomamos um banho quente.

Então leve sempre uma capa de chuva consigo, no bauleto ou compartimento sob o banco. Ela lhe protegerá caso ocorra uma chuva inesperada ou haja neblina na pista – que irá deixar sua roupa úmida, ainda que não lhe encharque.

4 – Não subestime o frio

Veja a previsão do tempo. Se ela indicar que está frio para sair na rua, trabalhar ou praticar exercícios, saiba que estará ainda mais desagradável para andar de moto. A sensação térmica ao rodar de moto é sempre inferior à indicada nos termômetros, pois estamos expostos ao vento, à falta de sol, à umidade.

Então não marque bobeira, não hesite em levar um casaco a mais ou pegar as luvas ‘porque não vai estar tão frio assim’. Lembre-se que é sempre melhor previnir do que remediar – e andar aquecido do que tremer o queixo por aí.

Dica para andar de moto no frio – bônus

Trouxemos um dica extra para quem vai andar de moto no frio. Ela irá ajudar tanto quem encara o gelado inverno da região Sul quanto quem está diante das temperaturas surpreendentemente baixas do Sudeste e Centro-Oeste. Aliás, nem o Norte pasou ileso no últimos dias.

A dica é: cuide da sua moto, ela também exige cuidados especiais no frio. Componentes como a bateria e velas são colocadas à prova nas baixas temperaturas, então certifique-se que ambas estejam em boas condições. Além disso, ligue a moto regularmente, ao menos uma vez por semana, evitando o descarregamento da bateria.