Produção de motos cresce 45% no 1 º semestre de 2021

Produção de motos cresce 45% no 1 º semestre de 2021

julho 29, 2021 0 Por Marquinho

O mercado brasileiro de motos está mostrando que está se recuperando aos poucos. Quem mostra isso é o último levantamento divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Segundo ela, o volume de unidades produzidas pelas marcas foi 45% maior que o primeiro semestre de 2020.

Produção de motos tem crescimento considerável no 1 º semestre de 2021

O número exato de unidades fabricadas é de 568.863. Se o ritmo se manter assim, é possível que o número final seja próximo ao especulado pela instituição. A perspectiva atual é de 1.060.000 unidades fabricadasMarcos Fermanian, presidente da Abraciclo, pensa que uma revisão para cima ainda pode ser feita

Comparando com os números anteriores, dá para citar dois que fatores mostram que a fase é realmente boa. Nos primeiros seis meses de 2020, por exemplo, apenas 392.217 motocicletas saíram do Polo Industrial de Manaus.

Além disso, se avaliamos apenas o período estudado, o número alcançado até junho deste ano é maior registrados nos últimos anos. A última vez que o número ultrapassou a marca atual foi em 2015. Na época, foram feitas 697.540 motos.

Foto: Divulgação/Triumph

Fazendo um recorte apenas do último mês, mais notícias boas. O número de motocicletas fabricadas atingiram a marca de 105.450. Ao comparar com o mês de maio , podemos ver que o crescimento é de 1,6%. Um salto maior ocorreu na comparação entre os números de junho deste ano e junho do ano passado. Na época, foram fabricadas 78.130 unidades. Isso significa um aumento de 35%.

Outro número bastante importante é o de exportações. Durante todo o primeiro semestre, o Brasil exportou 26.260 veículos. O crescimento no quesito foi de 148,7%. O mercado mais beneficiado, segundo a empresa Comex Stat, foi o da Argentina (8.345 unidades). Ela está na frente dos Estados Unidos (5.838) e da Colômbia (5.457 unidades).

Categoria Street continua no topo

Dentre as categorias, a Street ainda continuam como as queridinhas do público em geral. As 48.580 unidades foram responsáveis por 45,5% das vendas. Esse tipo de moto é o mais comum. Normalmente, elas possuem 125 cc e 150 cc e são conhecidas por serem mais econômicas e boas para usar nas cidades.

Outra categoria que se destaca é a Trail. No mês passado, foram comercializadas 24.748 motos do tipo. Ou seja, um pedaço de 23,2% do total de vendas. Em contrapartida, triciclos e motos Touring tiveram os menores núemeros de venda (9 e 106, respectivamente).

Veja abaixo o ranking completo das categorias (números de junho/2021)

1º – Street = 48.580 unidades

2º – Trail = 24.748 unidades

3º – Motoneta = 15.962 unidades

4º – Scooter = 9.910 unidades

5º – Naked = 2.735 unidades

6º – Bigtrail = 2.389 unidades

7º – Ciclomotor = 1.309 unidades

8º – Sport = 578 unidades

9º – Custom = 354 unidades

10 º – Triciclo = 106 unidades